Alinhavos de Moda - Por Limara Lis

13 março, 2015

Renovando cadeira de escritório com tecido patchwork

 Customizei a velha cadeira de escritório com tecido patchwork de um jeito que eu mesma nunca vi antes.

Sabe, eu ando com mania de "inventar moda" pela casa: As seis cadeiras da mesa de jantar, eu mesma reformei o estofado há algum tempo atrás. A alguns dias fiz capas para as banquetas da cozinha, de um jeito nada convencional, sem costura, sem grampos e tachas, usando tecido e alfinetes de segurança. Agora, inventei de customizar uma cadeira de escritório usando tecido patchwork, só que com costura à mão usando fio de nylon.

Antes cadeira secretária cinza, agora cadeira estampa patchwork.

Personalização artesanal para você fazer (ou não fazer) em casa:


A minha velha cadeira cinza básica de escritório ganhou nova aparência; mais alegre e aconchegante com inspiração patchwork. Utilizei um tecido de decoração bem apropriado para revestimento de estofados e afins.

O jeito profissional de fazer eu não sei, mas vejo que foi embutido e levou grampos de tapeçaria. Eu fiz do meu jeito: Apenas criei um molde cuja cópia foi feita diretamente sobre o assento e o encosto da cadeira e depois cortei as partes do molde sobre o tecido (com as devidas margens de acabamento, dobrando estas bordas para o avesso e alinhavando à mão com linha comum de costura). Logo após, alfinetei e costurei cada uma das duas partes - assento e encosto - a mão, ponto à ponto, um a um, com fio de nylon, sobre o velho estofamento cinza. (Na falta de agulha especial de tapeceiro, costurei com uma agulha grossa e de ponta arredondada).

Material utilizado na customização.
Tecido patchwork, alfinetes, agulha grossa, fio de nylon e... faltou a tesoura!
De perto...

Eu não experimentei, mas, talvez um cordão "rabo-de-gato" ou cordão "São Francisco" pudessem ser aplicados no contorno para melhor disfarçar, pois eu criei uma espécie de aplicação sobre a forração anterior. O fio de nylon é transparente e eu fiz os pontos de forma mais disfarçada possível. Só que, apesar de mais ninguém ver, eu mesma vejo algumas beiradinhas do antigo revestimento de tecido cinza. Entretanto só aparece se for de perto, e, se for alguém muito observador. (Como eu!)
A nova cadeira multicolorida com padrão patchwork.

Então, apesar de minha "nova" cadeira estar bem bonita, multicolorida, única, e, de minha filha até apontar para a mesma e dizer com orgulho: _ "Minha mãe quem fez!" aos amigos que chegam aqui em casa, acho que sou perfeccionista, ou purista; por isso, vejo detalhes de forma ampliada, até os que quase ninguém vê. Sendo assim, considero que o resultado ficou 90% bom. (O que não deixa de ser boa pontuação!...)

O tradicional e artesanal Patchwork - que é a arte de emendar retalhos em diversas cores e estampas para criar desenhos geométricos - eu não sei fazer... E quem tiver paciência e habilidade, além do (falso) patchwork" em texturas prontas, pode criar seus revestimentos artesanalmente, é claro: Coisa rara, de pura exclusividade!... Um luxo!


Limara Lis
Alinhavos de Moda

10 março, 2015

Banquetas da cozinha: Capa com alfinetes

 Capa fácil e rápida com tecido impermeável e alfinetes. (Se pode ser de um jeito fácil e rápido pra que complicar?)


Como sou adepta da reciclagem e do faça você mesma, tento encontrar soluções criativas para "inventar moda" não só nas roupas e no look do corpo, como várias vezes também da casa. E já cansada da discrição e neutralidade do tom bege das banquetas da cozinha, resolvi aplicar uma cor super alegre para esquentar, colocar "fogo" no visual.

Só 4 alfinetes... e pronto!

Com 4 alfinetes
Sem costura, sem taxas, sem grampos de tapeceiro!

03 janeiro, 2015

Começar de novo... Feliz 2015!



Novo Ano Novo

Novo ano chega inteirinho,
costumeiro, como uma página em branco.
Nas entrelinhas alguns rascunhos amassados
do ano que já passou...
Para que a branca tela do Ano Novo ganhe cores novas, cristalinas,
é preciso criar novas palavras, inventar novos poemas,
colorir novos sonhos, costurar novas roupas para vestir nova ocasiões;
É tempo de jogar fora as cartas amareladas do passado,
sem ouvir as vozes incertas do futuro,
É preciso viver, feito criança, a inocência de cada segundo:
Feliz Ano Novo!

(Marli Alves - 31/12/2015)


Quem me conhece pessoalmente sabe que eu amo o meu blog Alinhavos de Moda porque acredito que a Moda pode ser agente criativo e transformador não só em roupas, mas em estilo pessoal (autoestima) e de vida (social). O blog está no ar desde novembro do já distante 2009, portanto completou 5 anos em 2014.  E como o tempo não pára, vamos rumo à 2015:

Vem comigo!



Limara Lis
Alinhavos de Moda

03 julho, 2014

Como customizar suéter de tricô de lã com renda?

Como a linda renda de antiga blusa dá charme a um suéter básico e sem graça.

Era uma vez uma blusa de malha cinza chumbo antiga, surrada e fora de uso. O que esta tal blusa tinha de interessante no decote era uma bonita renda que teimava em se manter perfeita.

No mesmo guarda-roupa um suéter de tricô, cinza grafite, tão básico e tão comum se escondia...

E num certo dia eis que surge o momento perfeito para customizar: com agulha e linha, mais vários pontinhos feitos à mão, a linda renda da velha vestimenta ganha vida nova e faz do agasalho de lã uma peça única e charmosa.

E assim um belo suéter com renda sobre o decote sai para sempre do cabide, e então veste elegantemente a sua dona que não perde a mania de inventar moda...

E quem quiser que customize outra!

Detalhe da renda bonita de blusa de malha antiga.
Blusa velha de malha canelada com renda em perfeito estado.
Suéter de tricô de lã, básico.
Blusa de tricô de lã, suéter, pulôver ou agasalho...
O suéter sem graça.
Agasalho básico, prático, mas sem charme.
A renda foi costurada à mão.
Costurando a renda...
Detalhe da renda sobre o suéter.
E o suéter  já com a renda aplicada.
O suéter antes e depois da customização.
Antes muito comum... Depois personalizado por mim, especialmente para mim.

Bela renda, velha blusa e blusa nova: 


Renda bonita e em perfeito estado é retirada do decote de velha blusa de malha e reutilizada em customização de decote de suéter novo em tricô de lã. Na técnica utilizei pontos de costura feitos à mão, um a um, cuidadosamente.

Limara Lis
Alinhavos de Moda

19 junho, 2014

Customizar, reciclar, reutilizar camiseta: Copa do Mundo 2014

Para inventar moda de torcedora a criatividade joga no campo da sustentabilidade: Copa do Mundo - 2014.


Uma simples troca de botões (eram brancos) e a aplicação de uma etiqueta de bandeira brasileira, sobre o antigo logo, deixam a camisa pólo verde turquesa prontinha para vestir uma torcedora mais discreta.
O logo, que se vê pelo avesso da camisa, foi coberto com aplicação e os botões trocados.
Já para uma torcedora com estilo talvez um tanto quanto rock and roll, é a camiseta virada ao avesso e com aplicação de uma bandeira estilizada, feita com reutilização de partes de um short jeans (que já foi uma calça), de uma ex-manga longa de blusa, um retalho e de uma daquelas fitinhas tradicionais entre romeiros de Aparecida do Norte.
Bandeira estilizada com reutilização de materiais na customização da camiseta
Avesso da camiseta (estampa que se vê ao lado) vira direito da peça com bandeira a partir de reutilização e reciclagem.

Inventando na moda pessoal a prática dos "3 Rs" da sustentabilidade: reduzir, reciclar e reutilizar...

Reutilização de materiais na customização do avesso da camiseta antiga.

Duas customizações de camiseta para a Copa do Mundo - 2014 para mãe e filha, criadas por quem faz o Alinhavos de Moda.


Limara Lis
Alinhavos de Moda