.

23 de nov de 2015

Como fazer colar de pérolas com fita? E como, quando e onde usar?

O que dizer de um colar de pérolas com fita de organza? Como fazer você mesma? Quando, onde e como usar?


Colar de pérolas pode ser clássico, atemporal e elegante. Há também quem o ache "careta". Não sei o que você pensa, mas eu digo que este colar de pérolas com fita de organza (que minha filha começou e eu terminei o serviço) é romântico, tem leveza e um toque de descontração. É atemporal: foi criado em 2011 e ainda sai do armário e passeia por aí...

"Peça compartilhada entre mãe e filha: algumas vezes dá voltas sobre as minhas roupas. Outras, está em torno do pescoço dela!"

Colar de pérolas com fita de organza - Alinhavos de Moda
Combinei perolado com regata de listras branco/preto e calça de linho bege claro.

Como fazer?

9 de nov de 2015

As 6 dicas (ou mais) de como usar macacão preto longo.

O tradicional traje "pretinho básico" do seu guarda-roupa não precisa ser apenas vestido, ou saia e blusa: Que tal um macacão preto, longo


A minha sugestão é o longo, porque ao contrário do curto pode vestir bem mulheres de diferentes idades e biótipos. É uma peça considerada esportiva, mas que pode ganhar ares de refinamento em tecidos mais nobres e modelos mais sofisticados. O macacão preto pode ser elegante e confortável para ir ao cinema, coquetel de aniversário, ao shopping e até a um casamento, como convidada.
Escolha decotes especiais para usar à noite.

Básico/Chique:

Noite: Com bom senso e elegância, alguns recortes mais audaciosos mostrando a pele, certos decotes ousados, fenda na perna, renda, transparências sofisticadas e brilhos, são perfeitos para eventos à noite.

Dia: Em modelos mais básicos e descontraídos o macacão preto também vai com muito charme durante o dia. E como o assunto é macacão longo e preto - especialmente em uso diurno - o mais recomendável é vestir em clima mais amigável.
Básico, elegant, confortável e descontaído para o dia.

Os acessórios são os maiores aliados do seu "pretinho": Os dourados dão um toque de glamour. Os prateados também iluminam o preto, porém com mais discrição. E diversas cores quebram a seriedade do negro.

Veja 6 inspirações (ou mais) para usar seu macacão preto, longo:


2 de nov de 2015

Quem não gosta de roupa que dure muitas estações?

Minha roupa não é descartável. E a sua? 

“Sou contra a moda que não dure. É o meu lado masculino. Não consigo imaginar que se jogue uma roupa fora, só porque é primavera.” Coco Chanel
Alinhavos de Moda: Meu macacão preto, longo, básico.
O mesmo macacão preto viaja por aí, improvisa em look para brincar de festinha de Halloween, vai à coquetel de lançamento de livro, bate perna por aí, vai ao salão de beleza e etc.

Talvez por saber costurar e ter a noção de todo o trabalho que dá fazer uma roupa, em cada peça feita por mim ou que eu compre pronta, as minhas escolhas são para durar muitas estações. Não adquiro por impulso, sem pensar na qualidade e versatilidade na hora de usar. Às vezes sou enganada quanto aos tecidos, que estão cada vez de qualidade inferior. Quanto à modelagem, caimento da peça, acabamento das costuras e possibilidades de uso, sou chata mesmo!

A ideia de qualidade costuma ser associada a preço alto e a grife, mas não, nem sempre é verdade. Bem garimpadas, há roupas acessíveis e de qualidade. E o contrário, também: roupas que se diz “de marca”, mas que não valem o investimento.

Compro pensando nas ocasiões em que vou vestir, nas peças que já tenho no armário, em minha silhueta. Gosto do que combinará ou se harmonizará com itens que já possuo; isto facilita na hora de coordenar as peças e montar várias produções de look. Não levo só porque está na moda: se não fica bem em meu corpo, se não me deixa confortável e me sentindo confiante; jamais vai para o meu cabide!


Vale investir:

  • - Modelos básicos, clássicos, neutros e atemporais;
  • - Peças que coordenem entre-si e com outras do guarda-roupa;
  • - Algumas poucas e boas peças de tendência; (Visual sempre renovado!)
  • - Trajes de fácil vestibilidade e fechamento; 
  • - Modelagem perfeita para o seu tipo físico;
  • - Bom acabamento interno e externo;
  • - Tecidos de qualidade e adequados ao modelo;
  • - Acessórios variados para atualizar, alegrar e sofisticar o look;
  • - Em cuidados com a higiene e conservação do traje;
  • - Outros que você se lembre; (Me conte, por favor!)
Repetindo macacão preto básico
Eu e o mesmo macacão preto básico para sempre! (Risos!)


Sabe aquela peça que a gente gosta muito, que nos deixa radiantes, que traz elogios dos amigos quando a gente veste, e, que nos parece tão especial?

Conversando com uma amiga, contei-lhe que: quando canso de uma peça que eu gosto muito, não a descarto, guardo-a por algum tempo. Esqueço-a por um período indeterminado... Um belo dia, eu a retiro do guarda-roupa e até parece que é uma roupa novinha em folha! Porém, se ainda está em forma mas ganhou cara de antiga, faço uma customização, ou uma “remodelagem” reformando a peça: E é vida nova outra vez!... Minha amiga assertiva respondeu que faz o mesmo que eu, só que leva para uma costureira!


É possível criar com a mesma roupa um novo look... 

10 de abr de 2015

Usar óculos ou não? Quem usa dá dicas...

 Óculos: necessidade, objeto indesejado ou objeto de desejo? 


 Parece que lá se foi o tempo em que os Paralamas do Sucesso cantavam "Eu não nasci de óculos... Eu não era assim..." Atualmente óculos é acessório fashion, usado até por quem não precisa de grau: De objeto indesejado se transforma em objeto de desejo. E, se antes quem usava óculos era chamado de "nerd" no sentido pejorativo, hoje o estilo "nerd" e o "geek" estão na moda.

Algumas inspirações:
Inspiração
Para inspiração
Armação Ana Hickmann - inspiração
(Fotos: Divulgação - Reprodução)



Óculos nos olhos... (Prefiro olhos nos olhos.... Risos!)

"Antes de tudo eu confesso que se não precisasse de grau eu não usaria óculos só por estilo." 
 Eu que, em pouco mais de cinco décadas e meia não usava óculos, esta semana fui comprar os de grau multifocal pela primeira vez - mesmo sendo grau bem baixinho e nada grave - eu fiquei um tanto aflita! Primeiramente fui a oito óticas para orçamento sem compromisso. E quando encontrei a ótica de melhor custo-benefício, além da dificuldade de entender as opções entre tipos de lentes, foi também difícil a escolha da armação. Experimentei dezenas e mais dezenas delas, de diversas cores, e do moderno ao retrô. Além da melhor estética para o meu formato de rosto,sobrancelha e cabelo, tive que analisar o preço do conjunto lente e armação. E dentro do meu planejamento de melhor adaptação e conforto visual, o que mais pesou foi a escolha das lentes: E também foi esta que mais refletiu no preço total! E concordo com o meu  bem-humorado oftalmologista que disse brincando: "_ Hoje em dia tem que colocar os óculos no seguro!"

30 de mar de 2015

Almofada com sobra de tecidos

Dois pedaços quadrados de tecidos diferentes viram bela capa de almofada.


Com dois tecidos que sobraram desta capa de banqueta DAQUI e desta reforma de cadeira giratória DAQUI, eu criei esta charmosa almofada cuja frente é de estampa patchwork e a parte de trás com tecido vermelho.
Capa de almofada com estampa patchwork
Almofada tipo envelope - costas

O modelo desta almofada é bem simples e fácil de fazer: A parte de trás é tipo "envelope". Na verdade eu fiz a capa. O enchimento nada mais é que uma envelhecida almofada antiga.

Além de dar utilidade à sobras de tecido, o sofá preto da "sala de estudos, comunicação e lazer" ganhou uma almofada novinha para combinar com a cadeira giratória reformada por mim.

"Eu poderia incrementar as bordas com cordões, franjas e etc. porém, como na maioria das vezes sou prática e básica, achei desnecessário."

Sobra de tecidos, retalhos e afins podem ser transformados em vestimentas, acessório de moda, ou peças e acessórios de decoração. É só usar a criatividade à seu favor!
Almofada fácil para aproveitar retalhos e sobra de tecidos

Almofada pronta, agora é só se acomodar confortavelmente no sofá, ligar o som... e descansar!


Limara Lis
Alinhavos de Moda