31 agosto, 2009

Transforme a calça jeans básica em skinny

Se você cansou do seu jeans básico reto, você pode tranformá-lo num modelo justinho e bem na moda: a calça skinny.

Faça assim:
Vire a calça pelo avesso e estique-a sobre uma mesa. Use fita métrica e marque cerca de 4 cm na boca de uma das pernas, no sentido da lateral para o meio. À partir desse ponto, faça um risco de giz, ou lápis, subindo até o bolso (veja o esquema abaixo).

Depois, use linha e agulha e alinhave a marcação que você fez. Repita o mesmo processo na outra perna. Experimente a calça e confira se o ajuste está ideal para o seu tipo de corpo. Finalmente faça uma costura a máquina e corte o excesso de tecido.


Dica:

"Prefira uma calça com stretch, que deixa o jeans mais confortável e fácil de vestir", diz Vânia Majer, professora de corte e costura da Sigbol, que realizou a customização.


Agora é a vez de "ressuscitar o blue" do seu jeans... A cor escura afina as pernas e alonga a silhueta.
Tingimento caseiro:

Material
• 2 tubos de colorjeans Guarany (tinta própria para jeans), cor Azul Indigo nº 18
• 2 tubos de Fixacor Guarany
• 1 caldeirão
• colher de madeira


Faça deste jeito:
Dissolva os tubos de Colorjeans em 2 litros de água fervente e reserve. No caldeirão, coloque para ferver uma quantidade de água suficiente para submergir a calça e adicione o Colorjeans dissolvido. Acrescente a calça úmida à mistura. Mexa com a colher por 30 minutos, mantendo a fervura. Depois, retire a peça do banho e enxágue com água fria.
Finalize o trabalho repetindo o mesmo processo do tingimento, mas com os tubos de Fixacor para firmar a cor. Faça uma lavagem com sabão neutro e seque à sombra.
Capriche na arte de customizar e faça a sua!

Fonte: Revista Manequim
Foto: reprodução

25 agosto, 2009

Cuide das bijuterias com carinho!

Para manter as suas bijuterias em perfeito estado, cuide delas como se fossem verdadeiras jóias. Para isso, siga algumas dicas:

  • Produtos de higiene e beleza como: perfumes, cremes, óleos e cosméticos em geral, deixam as bijuterias foscas. Ao usá-los, espere alguns minutos antes de colocar sua bijoux.
  • Evite contato direto com produtos químicos.
  • Evite tomar banho usando este acessório; seja em água corrente, ou mar e piscina. Também evite contato com areia.
  • Na hora da limpeza da peça, não use esponjas ou deixe de molho em água e sabão. É mais indicado utilizar flanelas apropriadas para jóias.
  • Guarde em caixinhas, saquinhos plásticos ou embalagens em veludo, (próprias para jóias) evitando assim misturá-las com outras peças.
  • Ao expor bijuterias em vitrines, evite deixá-las próximas à lâmpadas. A exposição à luz pode oxidar a peça, tornando-a escura.
  • Evite que as peças fiquem em atrito com outros objetos. Isto pode causar desgastes permanentes.

Fonte: Disk Bijoux
Foto: reprodução


22 agosto, 2009

Criativa e ousada em saia com lenços!

Você só precisa de dois lenços grandes de seda, na mesma estampa, para criar esta saia!


A ideia é de Bruna Guzzi, que sugere amarrar dois lenços bem bonitos na cintura em lados opostos, como a foto.

Minhas dicas:

Para completar o look, você só precisa de uma camisetinha básica!... Outra forma de usar a saia é sobre uma legging, que neste caso seria melhor em cor preta, como a camiseta.

A produção pode ficar sofisticada, dependendo dos acessórios. E pode ser usada também com chinelos mais chiques e rasteirinhas, de forma mais casual.

Eu usaria se estivesse em férias num belo litoral. Poderia ser tanto como saída de praia, como para um jantarzinho, por exemplo. Aliás, para levar na mala de viagem é ótimo pois não ocupa muito espaço e você ainda pode criar outras formas de usar... Pode fazer até uma blusa frente-única!

Só resta torcer para que o lenço não fique amassado!

Foto: reprodução


21 agosto, 2009

E agora... Saia pareô ou saia envelope?

A saia pareô e a envelope são bem semelhantes: ambas são transpassadas (uma espécie de sobreposição). São fechadas numa das laterais da cintura, geralmente por faixas.

A inspiração destas saias, cuja versão mais recente é a pareô, veio de Bali e do Taiti.

Saia envelope sofisticada em tecido nobre
que vai até em festas.
Este modelo com volumes é para as magrinhas.

Elegante saia envelope sem volumes
e com babado enviesado na barra.
Para disfarçar quadril largo.

A saia envelope pode ter uma faixa para amarração ou pode ser fechada com botões no cós. Há diferentes modelos que podem ser pregueados, retos, franzidos, godê etc. Os tecidos variam entre os mais leves e delicados aos mais pesados, incluindo o jeans.


Na praia com saia (canga) pareô.
Curta para as jovens e mais baixinhas.

Longa para as altas e magras.

A saia pareô, devido a amarração característica do modelo, forma um drapeado com volumes estratégicos. É muito prática e despojada e à primeira vista parece panos amarrados ao corpo. Por isso é muito usado como saída de praia e feitas com cangas e lenços. Há modelos elegantes como por exemplo, a saia amarela da foto, que ficam ótimos para ocasiões informais como cinema, passeios etc... Para a saia pareô, os tecidos mais leves são os mais indicados.

Eu uso e acho um charme! Certamente você também deve usar...

Fotos: reprodução

19 agosto, 2009

Saia tulipa ou saia ovo?

Trata-se da mesma saia, originalmente chamada de tulipa, e que atualmente alguns chamam de saia ovo.

Dizem que esta saia foi criada por Pierre Cardin em 1957. Neste modelo de saia há preguinhas, ou franzidos que ficam perto do cós e vão suavisando-se até perder o volume na parte de baixo da saia, que é afulinada. Por isto o volume fica na parte de cima do look, e na parte de baixo a saia fica mais sequinha.

Por criar volume nos quadris, bumbum e coxas, favorece ao corpo de mulheres magras e "ou" de silhueta triangular (volumosas na parte superior e de pouco traseiro, quadril estreito e pernas finas)... Há!... Além disso, quem tem barriguinha proeminente deve esquecer!!!

Já fiz e usei saia tulipa quando era magérrima, justamente para "ficar mais cheinha"!


Fotos: reprodução



Faça uma pulseira de botões

Olá!

Em busca de ideias em acessórios artesanais, encontrei na Revista Manequim esta pulseira que é feita com botões... Faça a sua rapidinho!

Material:

• 1 tira de 25 cm de cordão de
São Francisco dourado
• 13 botões dourados com pés (tamanhos variados)
• Linha metalizada
• Agulha

Como fazer:
• Enrole a linha no cordão, partindo da extremidade, até cobrir 7 cm do comprimento.
• Dobre a parte enrolada criando uma alça. Costure com pontos firmes.
• Prenda um botão médio do lado do nó. Dê três pontos para que ele fique bem firme.
• Enrole a linha no restante do cordão e aplique os botões. Procure intercalar aviamentos de diferentes tamanhos.
• Por fim, costure uma peça grande na ponta do cordão.
• Feche a pulseira prendendo o último botão na alça.

Como usar:
• Com blusas e casacos de mangas curtas ou ¾.
• No dia a dia é elegante combinar este acessório com jeans e roupas básicas. À noite, use com vestidos fluidos e camisas.
• "Para um look atual e descontraído use duas pulseiras iguais, uma em cada braço" - Dica do stylist Marcio Banfi.

Créditos:
Fotos: Carlos Bessa (pulseira e aviamentos) Divulgação (desfile)
Produção e realização: Antonio Farias

17 agosto, 2009

A charmosa saia evasê

De novo falando de saias, mas desta vez é sobre a charmosa saia evasê, cuja modelagem, ao contrário da saia reta, abre uma roda em forma de "A", por isto é mais soltinha no quadril.

Esta saia não leva pence na cintura e você pode adaptar o molde da saia reta para fazê-la. Veste bem qualquer silhueta. Para as baixinhas o comprimento é acima do joelho. Para as pernas grossas o comprimento é exatamente na linha do joelho.

Para disfarçar bumbum, barriga e quadris avantajados, a clássica e elegante saia evasê num tecido mais encorpado é uma das melhores escolhas!

Foto: reprodução

14 agosto, 2009

No balanço da saia godê...

Olá!

Hoje nosso papo é sobre saia godê. Elas são super femininas e românticas. Esta saia ficou famosa na década de 50 com o New Look Dior e fez sucesso no corpo das moçinhas que dançavam ao som do rock n’roll, no tempo da "brilhantina e do topete"... Você não é deste tempo, mas adora o charme desta saia?!

Um modelo que não economiza tecido e com variações na roda: mais rodadas são em godê duplo, sem costura nas laterais (também chamada de círculo completo ou guarda chuva). E o godê simples, com menos roda e costura lateral.

O godê é muito usado em vestidos de noiva e em festas de gala. Esta modelagem "camufla" quadris e coxas grossas e para isto escolha cores escuras.

Para entrar no charme deste balanço, veja moldes de godê simples e godê círculo completo.

Fotos: reprodução

11 agosto, 2009

Falando de saias...

Uma saia é aquele tipo de roupa altamente feminina e prática, que não pode faltar em seu armário, pois permite diferentes produções com blusas e acessórios variados.

Quase tão confortável quanto uma calça comprida, ela pode ter vários comprimentos como o mini, o médio, o midi e o longo.

Bem versátil: no verão permite looks fresquinhos e no inverno pode ser usada com meia calça.

Você que usa minissaia já sabe que esta definição não se refere a um modelo, e sim, ao comprimento! A minissaia pode ter diferentes modelos, como os citados abaixo:

As modelagens mais comuns: saia reta "ou" saia-lápis; saia evasê; saia ovo "ou" tulipa; balonê; pareô e envelope; e saia godê.

Falaremos delas durante a semana... Hoje é a saia reta ou saia lápis:



Como é este modelo?

-Ajustada ao corpo nas devidas proporções e afunilada na altura dos joelhos.
-"Com" ou "sem" cós - cintura alta ou baixa.
-As fendas podem ser nas laterais ou na parte de trás e servem para facilitar o movimento. Em tecidos com elastano (os mais confortáveis) ou malhas não precisa de fendas.
-Os encorpados sarja e tweed dão firmeza ao corpo.
-Ótima para quadris estreitos e silhuetas tipo retângulo ou triângulo invertido, pois cria curvas.
-Os comprimentos adequados são os tradicionais que vão até o joelho ou um pouco abaixo deste. Não use curta, pois deixa de ser elegante e atravessa para o vulgar.
-Use com sapatos de salto alto, pois alongam o corpo e deixam o modelo mais elegante.

"Quando adolescente, fui aprender Corte e Costura, sendo que o primeiro molde que fiz e a primeira peça que costurei, foi uma saia reta... É a peça mais fácil para quem está começando."
 


Foto: reprodução

Limara Lis
Alinhavos de Moda



07 agosto, 2009

Você sabe pregar botões?

Olá!


 Já que falamos em botões na postagem anterior... Hoje vamos dar algumas dicas de como garantir que eles não se soltem tão facilmente:

- Os botões das camisas e blusas que você compra, por serem presos à máquina, não possuem um arremate perfeito e acabam se soltando. Há uma solução simples que é passar esmalte incolor para unhas, sobre a linha que os prende ao tecido. Isto vai garantir mais durabilidade.

- O botão de quatro furos é mais seguro que o de dois, porque ao soltar de um dos lados ainda ficará preso pelo segundo par de furos.

Mas, se já está solto, não tem jeito!... Só mesmo com linha e agulha.

 Escolha a linha na cor adequada, coloque na agulha, junte as duas pontas e dê um nó. Então é só passar de baixo para cima pelos furos de um dos lados do botão e repetir do outro lado. Arremate na parte de baixo, dando algumas laçadas em nó. Esconda o fio entre as camadas de tecido, volte com a ponta e corte-a. Esta é a técnica básica e mais simples.

Leve sempre um mini kit de costura em sua bolsa, para não passar por momentos de "saia justa".

(Foto: reprodução)

Limara Lis
Alinhavos de Moda

01 agosto, 2009

Feitos com botões...

Sabe o que fazer com aquelas sobras de botões, que você não usa e ficam lá esquecidos na caixa de costura?

Colares com fios de seda com várias voltas usando botões de tamanhos variados. (site: Manequim)

Também pode usar fitas e botões de uma só cor, ou coloridos, para produzir outros modelos.


Chinelos em borracha encapados com fitas estreitas de cetim e decorados com botões grandes. Você também cria à vontade nesta arte de customizar chinelos...
Decoração de sacolas e bolsas de pano, conforme a sua criatividade... (site: Manequim)

Você também pode criar presilhas de cabelo, customizar camisetas, enfeitar tiaras, e ainda pode usar junto com fuxico de tecido e outros adereços.

Viu como aquele botão que não teria utilidade pode transformar-se num acessório muito charmoso? Então, mãos à obra!

Foto: reprodução