.

21 de abr de 2013

Vestido de Boneca

Querido leitor,

Falando antecipadamente sobre o Dias das Mães, eu, que também sou "mãezona", acho que todo dia é sim, dia de "MANHÊ"!...

Sei que você de alguma forma vai entender o porquê desta pequena lembrança, muito especial e muito pessoal: Minha mãe querida (e ocupada) que cozinhava, lavava, passava, limpava, cuidava, ensinava, aconchegava, protegia... Ufa!... e inspirava! É em memória à esta pessoa tão amada - antes tão real, agora eternamente, infinitamente ausente - que eu escrevo e assim a revejo presente:

Vestido de Boneca
(Vestidinho que rabisquei, só para ilustrar...)
 

Vestido de Boneca



Sim, houve um tempo em que eu brincava de bonecas;
antigas, pobres, sem marca, sem cabelos,
com desenho dos fios em relevo na cabeça...


Um tempo curto ou longo, em que eu sonhava
e brincava de fazer vestidos de boneca.
Tempo em que minha mãe costurava roupas para os filhos,
e eu, filha mais velha, colhia os pequenos retalhos pelo chão;


Eu juntava os pequenos pedaços de pano
como quem junta peças de um quebra-cabeça,
para inventar um modelo bonito,
e montar, e coser miniaturas de vestido,
pedacinho por pedacinho,
pontinho por pontinho...


Eu jogava o jogo das formas, cores, texturas,
com flanela, chita, algodão, laise, piquê, renda,
bolinhas, florzinhas, listrinhas, xadrezinhos,
com pregas, franzidos, godês, evasês,
saias acinturadas, românticas, rodadas,
laços, babados, colchetes, botõezinhos,


Minha mãe - minha modelo - movia os pés em sequência
desritmada, curta ou longa, no pesado pedal de ferro...
as mãos mágicas, fofas, poderosas, trabalhavam
e faziam espetáculo de moda com tecidos baratos,


E eu, no chão, ao pé da máquina pretinha,
mãos rosadas, magras, compridas, espertas, curiosas,
em travessuras com agulha, tesoura e linha...

(Por Limara Lis)

(Não é permitida a cópia: Não reproduza meu texto sem a minha autorização, por favor!)



Limara Lis
Alinhavos de Moda

4 comentários:

  1. parabens por esta poesia. E feliz lembranças para você.

    ResponderExcluir
  2. Olá Limara,
    Fiquei emocionada com seu texto. Suas lembranças se parecem com as minhas.
    Também fiz lindos vestidos de bonecas... no chão, ao pé da máquina onde minha mãe costurava. Hoje, já bem mais velha, continuo a fazê-los... Vestidos e bonecas que resgatei das minhas lembranças.
    Fica aqui o convite para conhecê-las no meu blog Bonecas da Mari.
    Beijocas.
    Estela

    ResponderExcluir