.

3 de abr de 2013

Vestido peplum cria cintura de vespa e curva de violão?


 Falar ou escrever "cintura de vespa" é coisa antiga, mas o peplum também não é novidade. Em blusas, saias e vestidos, o peplum vem de um estilo retro de modelagem que teve seu auge entre os anos 40/50 e voltou para ficar na moda por mais algum tempo. O peplum acentua o quadril e destaca a cintura. É uma modelagem que valoriza as curvas de quem está em boa forma. Pode equilibrar o quadril estreito de quem tem ombros muito largos em relação ao resto do corpo. (Corpo em formato triângulo invertido, que é muito largo na parte de cima e fininho na parte de baixo.)


Vestido peplum


Em geral são babados volumosos ou formas estruturadas, em tecidos fluídos ou rígidos. A modelagem  marca a cintura e ressalta o quadril. Truques de enchimento e volume - iguais ao peplum e alguns outros - já foram usados na moda para "esculpir" as formas femininas conforme padrões estéticos de várias épocas.

 

Cintura de vespa ou curva de violão?... Algumas vezes, não!


Esse peplum da imagem abaixo, que deixa a barriguinha livre entre os babados laterais, além de criar "anquinhas" pode acentuar a barriguinha.
Vestido peplum

Se acentua o quadril, quem já o tem mais largo pode ficar com formas super exageradas... Mas, há gosto para tudo e liberdade para todos, não é?
 

Peplum com cuidado:  


Para quem pensa em usar peplum mas não quer exagerar, é melhor sobre peças de modelagem reta como tubinho, saia lápis (ou reta), top, corpete ou blusas próximas ao corpo. Cores escuras, com tecidos de bom caimento e cortados em viés, sem franzido e sem excessos de volume. Comprimento proporcional ao corpo. Roupas monocromáticas (saia ou calça na mesma cor da blusa, ou vestido de uma só cor).

Limara Lis
Alinhavos de Moda

Um comentário: