.

25 de abr de 2014

Como customizar, reformar, reciclar, ou renovar roupa de brechó?

Especial para amiga leitora que escreveu, diz ter um brechó, e quer transformá-lo em loja de roupas customizadas. E, gostaria de ver algumas dicas no Alinhavos de Moda.


Apesar de achar uma opção viável confesso que ainda não experimentei roupas de brechó; talvez por falta de oportunidade de conhecer algum que seja interessante e convidativo, pois em minha cidade eles praticamente não existem. Sendo assim, vou falar de uma forma mais ampla, das reformas e customizações de roupas em geral. E nesta prática que eu conheço muito bem, é preciso ter um olhar bem apurado e uma certa sensibilidade para interferir na moda pronta. Também é bom ter noções de costura e estar à par das tendências e ter boas fontes de inspiração como revistas, livros, blogs e sites de moda.
Criar decotes ousados e da moda atual.
Criar fendas na manga, retirar golas, reformular o modelo.
Imagens de inspirações modernas e atuais via Google e Facebook - dicas de Limara Lis (Alinhavos de Moda)

Além de cultivar a sustentabilidade por ser ecologicamente favorável ao planeta, reciclar roupas é uma forma de se vestir com charme porém gastando pouco. Para reformar, customizar, reciclar ou renovar e dar uma atualizada na peça, algumas vezes basta ajustar e encurtar.


Inspiração: encurtar e ajustar vestido - customização feita por uma criativa de moda e estilo.
Fonte da imagem/inspirações acima - http://www.newdressaday.com/photos/

Mas, outras vezes o ideal é transformar uma roupa em outra, como por exemplo cortar um vestido para que ele vire uma blusa e etc. E tanto pode-se fazer alterações radicais, como apenas retirar, trocar, ou criar um novo detalhe através de simples customização.
Inspiração: vestido vira blusa na customização feita por uma criativa de moda e estilo.
Fonte das duas imagens/inspirações acima - http://www.newdressaday.com/photos/
Mas será que aquela roupa não precise apenas de uma "dona" que a use de um modo diferente?! (Por isso, antes de começar a transformação é bom imaginar e testar looks criativos, estilosos e até fora do convencional com cada peça.)


Crie, recrie, transforme!


E na "brincadeira" de reinventar ou customizar pode-se desde trocar os botões até fazer uso de aplicação de tecidos (como renda) para criar contrates de textura, cor e(ou) estampa. Pode-se bordar com pérolas, pedrarias, corrente e etc. Criar ou retirar babados, franzidos e pregas. Cortar pernas de calça e fazer bermuda, short ou saia. E também vale inventar barrados criativos para aumentar o comprimento de saias e vestidos. Cavar decotes e fendas estratégicas em peças sem graça. Ou quem sabe, elaborar assimetrias interessantes numa barra de saia, blusa ou vestido? Ou, então deixar bem simétrico aquilo que tem linhas irregulares.

Outras opções pode ser transformar manga bufante em manga reta; renovar uma gola desgastada com um novo tecido. Também é possível  fazer uso de broches para criar efeitos drapeados e pequenos ajustes criativos. E para acinturar vestidos e blusas, usar elásticos, faixas e cintos.



Fique de olho!

Os primeiros passos são higienização da peça (lavar, passar, arejar e etc.); conferir se o tecido está bem conservado; ver se o zíper, os botões, o forro, e os acabamentos estão em perfeito estado. (Caso o desgaste da peça seja muito grande pode ser inútil investir tempo, trabalho, material e ainda gastar dinheiro na reforma.) 

- O tecido está manchado ou desbotado? (Se sim, vai precisar de uma lavagem ou tintura?)

- Tem alguma perfuração, está desfiado, rasgado ou puído? (Tem como recuperar, ou não?)

Além disto, também é preciso observar a modelagem da peça. Uma roupa clássica como camisa branca, saia lápis preta, tubinho pretinho básico, entre outros, são itens atemporais e que supostamente não saem de moda; mas também podem sofrer pequenas alterações no comprimento, tipo de cós, de gola, punho e etc. para se adaptar a costumes, estilo de vida e tendências contemporâneas. O que é básico pode ganhar charme com detalhes mais chamativos. O que é exuberante pode perder excessos e ficar mais simples: É tudo uma questão de bom gosto e bom senso.

Tá na moda, ou tá fora de moda?
Inspiração: Ajuste de saia -  customização de uma criativa de moda e estilo.
Fonte da imagem/inspirações acima - http://www.newdressaday.com/photos/
- A modelagem está atual ou fora de moda? (Quais detalhes podem ser mantidos e quais os que precisam ser repaginados?)

- A peça tem modelagem muito larga para os padrões do momento ou é mais ajustadas do que deveria?

- O comprimento da saia, do vestido, da calça, do short, da camisa ou da blusa e etc. pode ser mantido ou ficará melhor mais curto?

- A gola, a manga, o bolso, o babado, o franzido, a faixa e etc. podem ser remodelados, retirados, ou trocados por outro tecido, outro formato e etc.?

Outras dicas de "faça você mesma":




Em moda e estilo, o que é vintage e o que é retrô, na minha opinião:
É uma peça vintage? (roupa antiga, reconhecida como legítima de um marco histórico do estilo de determinada época e com excelente qualidade e valor.)
- Ou é retrô? (releitura de um estilo ou retrospectiva do que já foi moda, roupa inspirada em alguma referência do passado.)

Enfim, são mil e uma possibilidades para você exercitar a imaginação e aplicar a criatividade a fim de renovar e valorizar a peça para sua reutilização. Quase toda vestimenta pode ser adaptada de alguma forma para novos usos. E com certeza o resultado final pode ser invejável e surpreendente.

Mãos à obra e sucesso!

Beijos,

Limara Lis
Alinhavos de Moda